5.7 C
Nova Iorque
quinta-feira, dezembro 3, 2020

Buy now

Rosa e Jack do Titanic e 9 outros romances de filmes condenados

O amor pode não ser tolo, mas, como mostram esses casais transitórios, certamente é vítima das circunstâncias. Quase como um relógio, novos dramas românticos e comédias são lançados a cada ano. Poucos entre eles têm a coragem de voltar o olhar para um caso de amor que não tem um final feliz.

RELACIONADOS: 10 romances icônicos da TV que nunca teriam durado na vida real

Como todos sabem, os romances condenados são tão certos quanto o nascer e o pôr do sol. Estranhamente, tantos filmes resistem a essa dura realidade. Pois quando o fazem, o impacto é profundo e memorável, o suficiente para possivelmente mudar nossa perspectiva sobre esses assuntos do coração.

10 Alvy e Annie – Annie Hall

A nostalgia por Nova York na década de 1970 lembra a cidade como uma das capitais mundiais do romance. Nenhum par captura isso período de amor esperançoso, mas fugaz, como Alvy e Annie.

Ambos estão em períodos de transição, Alvy saindo de um relacionamento anterior e se tornando uma estrela da comédia em ascensão, e Annie, que recentemente se mudou para a Big Apple e está encontrando seu equilíbrio no meio da agitação. Essas situações que os unem duram apenas um minuto em Nova York. Ambos precisam um do outro, por um tempo, mas conforme suas vidas ganham um foco mais claro, seu amor, infelizmente, desaparece.

9 Blaine e Isla – Casablanca

Com o tempo, os amores anteriores podem voltar a entrar em cena, mas no caso de Blaine e Isla, a vida se tornou mais complicada. Em conflito entre o desejo de ajudar o novo marido de Isla a escapar dos nazistas ou a cair nos braços de Isla, Blaine amaldiçoa sua virada agridoce do destino, “De todas as casas de gim em todo o mundo, por que ela teve que entrar na minha?”

No fundo do coração, eles sabem que seu amor pertence aos dias perdidos em Paris, antes que a guerra corrompesse e complicasse o mundo.

8 Bob e Charlotte – Lost In Translation

Bob & Charlotte são o caso do lugar certo na hora certa. Ambos são casados ​​e têm uma diferença de idade do tamanho de uma diferença de gerações, mas o distanciamento que sentem em seus relacionamentos pessoais, refletido por seu isolamento do choque cultural de Tóquio, cria uma necessidade de conexão que os aproxima.

RELACIONADOS: Os 10 casais mais disfuncionais dos filmes, classificados

O desejo de viajar melancólico não dura para sempre. As circunstâncias da vida separam de forma irresistível Bob e Charlotte, mas há uma sensação de que a percepção que ambos obtêm um do outro os coloca em uma posição melhor no final do filme do que quando ele começou.

7 Celine e Jesse – antes do nascer do sol

Dois viajantes solitários, uma francesa e um americano, inesperadamente se encontram e fazem uma conexão em um trem pela Europa. Prestes a partir do trem para vagar pelas ruas de Viena sozinho, Jesse implora a Celine que vá com ele, que o tempo deles ainda não pode ter acabado.

Contra alguma hesitação, sua aventura juvenil prevalece e ela concorda. Eles serpenteiam pelas ruas estreitas de Veneza e contemplam as estrelas ao longo do Danúbio, caindo perdidamente no amor, sabendo que durará apenas uma noite.

6 Cindy e Dean – Blue Valentine

O que faz esse romance agarrar o coração é que sabemos que acabou antes de começar. A narrativa não linear do filme transporta o público para frente e para trás entre o momento em que Cindy e Dean se casam pela primeira vez e quando seu relacionamento está em queda livre.

Flashbacks de uma época melhor tornam-se realmente amargos, pois o público sabe que não importa o quanto eles se amem, eles estão condenados a se separar. Cada cena tem o tom sombrio de um último adeus. Embora possa ser difícil de assistir, há algo lindo em ver o amor, sem nenhuma razão precisa ou exata, desmoronar.

5 Elio e Oliver – Me chame pelo seu nome

Outro par de amantes de gerações, exceto que desta vez eles estão atrás do brilho lânguido de uma vila rural italiana. O filho de um estudioso contrata um expatriado para o verão, dividindo os aposentos na casa da família.

O que se desenrola nos meses subsequentes é uma série de pequenas descobertas, em passeios de bicicleta, em cafés, que revelam aos dois jovens sua afeição um pelo outro.

4 Neo & Trinity – The Matrix Trilogy

Em cada parcela da franquia, o amor desses amantes predestinados entrava em perigo. Seria ingênuo não ver a escrita na parede. Há um elemento de filme de ação sobrenatural em seu relacionamento que lhe dá uma vantagem. A confissão de Trinity sobre seu amor por Neo o ressuscita dos mortos. Ela também aponta mais armas no rosto das pessoas do que qualquer outro personagem, em nome do amor.

RELACIONADOS: 10 dos casais mais bonitos dos anos 80, classificados

Para seu crédito, Neo voa em seu resgate tão rápido que deixa um bairro inteiro de Nova York em ruínas. Mas a dura realidade que ambos têm de aceitar é que estão lutando por uma causa maior do que suas forças combinadas, sabendo que só podem vencer se se entregarem a ela e não um ao outro.

3 Romeu e Julieta – Romeu + Julieta

O modelo de amantes condenados, Romeu + Julieta captura o fatalismo romântico da peça original de William Shakespeare.

Sua história é universal. Contra a vontade de suas famílias e todas as outras probabilidades, os dois decidem rebeldes que não podem viver um sem o outro. Embora essa ética os aproxime, é também o que leva ao seu fim prematuro.

2 Rose e Jack – Titanic

Desde o início, todos sabem o destino do navio onde o relacionamento predestinado de Rose e Jack toma forma, então não houve surpresa que eles não fiquem juntos no final. Esta ironia dramática não impede o público de se vincular à história de um casal improvável, um da classe trabalhadora empobrecida e outro da aristocracia burguesa.

Sua luta pela sobrevivência também é de sacrifício, cada um se colocando em perigo pela segurança do outro. Adicione a trilha sonora de Celine Dion e as lágrimas inevitavelmente fluem.

1 Verão e Tom – 500 dias de verão

A estrutura deste filme é única por contar os dias do romance condenado dos casais como uma bomba-relógio. Summer invade a vida de Tom inesperadamente, como um novo contratado em sua empresa de cartões de felicitações. Ele desenvolve uma paixão por ela que aparentemente não tem limite. Quando eles começam um relacionamento, o verão pioneiro e independente prova ser mais do que o coração de Tom pode suportar. Ele se torna ciumento e possessivo, então Summer o abandona, embora os dois caminhos se cruzem logo depois.

Incapazes de se separar, ou assim pensa Tom, ele tem grandes expectativas em uma festa para a qual Summer o convida, apenas para descobrir que ela está noiva. Convencido de que o amor verdadeiro é uma ilusão, que dura apenas o tempo de um dia de verão, Tom afunda em depressão. Um último encontro individual com O verão o inspira a redescobrir a si mesmo e, claro, sua crença no amor.

PRÓXIMO: 10 melhores filmes de romance gótico, classificados (de acordo com a IMDb)


Próximo
10 personagens de Star Wars favoritos dos fãs e sua melhor personalidade


Sobre o autor


Fonte

Posts Relacionados

Arlo Parks, James Blake e Beabadoobee compartilham novas capas festivas

Arlo Parks, James Blake e Beabadoobee lançaram novas covers festivas no Apple Music. o NME Leitura: Arlo Parks: “Sinto que tenho 10 e 100 anos...

Black Country e New Road anunciam show colaborativo para ajudar a salvar o local The Windmill

Black Country, New Road e Black Midi anunciaram um show colaborativo para arrecadar fundos para The Windmill em Brixton. A transmissão ao vivo pré-gravada, que...

Claud anuncia o álbum de estreia ‘Super Monster’ e compartilha novo single

O cantor indie-pop Claud anunciou detalhes de seu álbum de estreia, 'Super Monster', depois de ser o primeiro ato a assinar com o novo...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

últimos posts

Arlo Parks, James Blake e Beabadoobee compartilham novas capas festivas

Arlo Parks, James Blake e Beabadoobee lançaram novas covers festivas no Apple Music. o NME Leitura: Arlo Parks: “Sinto que tenho 10 e 100 anos...

Black Country e New Road anunciam show colaborativo para ajudar a salvar o local The Windmill

Black Country, New Road e Black Midi anunciaram um show colaborativo para arrecadar fundos para The Windmill em Brixton. A transmissão ao vivo pré-gravada, que...

Claud anuncia o álbum de estreia ‘Super Monster’ e compartilha novo single

O cantor indie-pop Claud anunciou detalhes de seu álbum de estreia, 'Super Monster', depois de ser o primeiro ato a assinar com o novo...

Celeste anuncia seu primeiro álbum ‘Not Your Muse’

Celeste anunciou seu primeiro álbum 'Not Your Muse'. LEIA MAIS: Celeste ao vivo em Londres: Assombrosa e inesquecível A cantora de soul em ascensão, que apareceu...

Jorja Smith se junta a Enny para o novo remix de ‘Peng Black Girls’

Jorja Smith se juntou a Enny para um remix do recente single do rapper do sudeste de Londres, 'Peng Black Girls'. Enny, que assinou com...